A Tiorba

Conhecida também como teorba, é um instrumento de cordas criado na Itália no final do século XVI. O nome tiorba, na verdade, refere-se a uma variedade de instrumentos similares ao alaúde, de braço longo, com uma caixa de tarraxas.
Tiorba foto1.png

O instrumento que temos aqui, é de construção brasileira, de Paulo Freitas, de 2016, uma cópia fiel de uma tiorba de 1587 de Vendelino Venere.

Tiorba foto2.png

 

Como podem ver, a tiorba comporta dois tipos de cordas musicais: o pequeno conjunto e o grande conjunto

 

  • O pequeno conjunto é o registro musical normal do alaúde. Ele compõe-se geralmente de seis cordas simples, longas e finas, de tripa, que permitem a modificação da altura dos sons com os dedos da mão esquerda;
  • O grande conjunto é o registro mais grave, ele tem geralmente 8 cordas simples de tripa. Elas não passam sobre o ponto de toque e são portanto tocadas no vazio. O timbre é mais rico e sua vibração prolonga-se longamente, o que permite sustentar a harmonia.

Hoje, este instrumento é utilizado em concertos de música antiga, como os concerto realizados pela nossa orquestra – A Trupe Barroca.

Este artigo é disponível como vídeo no nosso canal de YouTube, ao link abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s