O violino barroco

O violino barroco, é aparentemente muito parecido ao violino moderno, mas tem algumas diferenças de estrutura.

O braço é mais curto e tem um ângulo diferente do violino moderno, além disso o instrumento não utiliza de queixeira, nem de espaleira, fazendo como que fique bem mais leve, facilitando o seu manuseio pelo músico. O cavalete do violino barroco também é muito peculiar, com um desenho específico e uma curva que se adapta ao ângulo de seu braço e espelho.

Violino foto3.png
Violino do século XVIII
Instrumento original, de construção alemã, de Georg Hosp, de 1753
Usado nos concertos de A Trupe Barroca

Outro detalhe importante são as cordas, que diferente das que são usadas no violino moderno, que são confeccionadas por um fio de seda envolvido em metal, no violino barroco são feitas de tripa de animais como carneiro, ou mesmo de boi, e produzem um som mais suave.

Esta é uma peculiaridade específica ao contexto cultural da época: durante o período barroco as salas de concerto eram menores, portanto o violino não precisava projetar um som tão forte como os violinos modernos.

Hoje, instrumentos históricos da época são utilizados em concertos de música antiga.

Assista ao Concerto No. 4 em Fá menor, op. 8, RV 297, “L’inverno” de A. Vivaldi
A Trupe Barroca com a solista Cynthia Freivogel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s